Inspirações para uma horta vertical

Depois de ler sobre o Desafio do Mês do blog Vida Organizada, fiquei tentada a dar um tapa na pequena varandinha do meu apê, e como ela é realmente muito pequena, pensei em fazer uma horta vertical com alguns temperos fixada na parede. Ainda preciso decidir quais mudas vão compor minha horta.
Então reuni algumas ideias simples de reproduzir:

Untitled-1

Eu gosto bastante da ideia de prateleiras para colocar os vasinhos, acho super prático, principalmente na hora de cuidar das plantas.
48582fce4371b7df7bef89619159551d
A melhor parte dessa ideia de horta vertical é que caixas de feira são de graça!
jardim vertical para orquideas 5
Acredito que nessa horta tenha sido usado estrados de cama ou algo do tipo. Ideia ótima pra quem quer reciclar pedaços de madeira.
vasinhos
Maaaaaaaaaas a ideia dona do meu coração até agora é essa. Cores, como eu amo cores! Achei também super fácil de reproduzir.
De acordo com o desafio, preciso concluir as modificações na minha varanda até dia 25 de janeiro… Talvez eu não consiga terminar até lá, mas vou tentar!
Anúncios

Sobre metas de ano novo e planejamento alimentar

Além do blog, outra meta que tenho para esse ano é levar uma vida mais saudável. Comer bem, fazer exercícios e aquelas coisas todas… Se engana quem acha que ser vegetariano é sinônimo de ser saudável. Quando você para de comer carne, se você não tiver o mínimo de consciência do que tá fazendo, a tendência é substituir tudo por queijo e massas, e o resultado são alguns vários kilos a mais, principalmente quando se é frescurenta pra comida como eu :/

Pausa para contar a minha história (cof, cof)

Dá primeira vez que parei de comer carne, eu fiz exatamente isso… Eu não comia uma folha de alface sequer e passei a substituir carne por queijo, pão e macarrão, e por um tempo deu certo pra mim. Eu tinha 14 anos, estava no auge do metabolismo acelerado, era magra e maravilhosa hahah, então os efeitos na parte “externa” do corpo foram mínimos e eu mantive meu corpo de violão, mas internamente estava tudo errado! Eu fiquei fraca, vomitava, quase desmaiava, e por quê? Eu não sabia que não podia simplesmente parar de comer carne, não tinha noção nenhuma da importância das vitaminas (e meus pais também não tinham, pra eles comer direito era comer arroz e feijão de segunda a sexta rs) e de como fazer essa substituição corretamente. Resumindo a história: eu voltei a comer carne porque estava ficando fraca.

Dessa segunda vez, foi um pouco diferente, tive ajuda de um grande companheiro (bjs mô <3) que acatou minha decisão de ser vegetariana, entrou nesse barco junto comigo e virou também. Ele se informou bastante, e foi me dando as coordenadas pra podermos seguir com a nossa dieta do jeito certo. Não que eu faça de um jeito super certo hoje HAHAHA, eu ainda como tudo errado (até porque se eu comesse certo, não teria feito a promessa de ser mais saudável :P)  mas hoje eu tenho a consciência de quando como algo errado, também aprendi a comer legumes e verduras, grãos e coisas integrais, e está tudo ok com minhas vitaminas e tals.

Tendo em vista as coisas que eu faço de errado, a ideia é começar a fazer o certo! Não só para perder peso, mas porque eu quero realmente ser uma pessoa saudável, e cara, como dá trabalho ser saudável… Exige um puta planejamento de cada coisinha que você vai comer no seu dia, porque se não tiver, a chance de cair na tentação é enorme.

Ainda to no processo de me organizar pra comer certinho (ultimamente, nem sempre tenho conseguido levar comida pro trabalho), então estou montando um control journal e usando a ideia da Thais pra definir o menu semanal, que além de ser muito mais prático na hora de preparar a comida sem ter que ficar pensando no que fazer pra comer, você consegue economizar nas compras do mercado evitando o desperdício.

Conforme as coisas forem se desenrolando vou publicando aqui… E então é isso ai, que comece o Projeto Vida Saudável! 😉

Começando…

Quando um novo ano chega, vem com ele aquele monte de promessas, metas e novos projetos.

Meu projetinho pra 2015 é esse blog aqui, que há tempos estou querendo começar.
O objetivo do blog é, basicamente, relatar o (meu) mundo com relação a comida e à minha escolha de ser vegetariana.